Vítima ou Protagonista?

Quando perguntar a alguém sobre o motivo de suas falhas, preste atenção à resposta. Há quem diga que não conseguiu por causa do clima, do chefe, do mercado, dos pais, filhos... São hábeis em encontrar a quem culpar.
Há outras que imediatamente assumem a responsabilidade pelo resultado. Sabem que são atores do seu destino e que possuem sim, parcela de sua ação ou inação, no ocorrido.

Os do 1o. grupo chamamos de vítimas, e os do 2o de protagonistas.

Capturar.PNG



Quem é vítima sempre encontrará alguém pra culpar. Um protagonista assume a sua responsabilidade. Há uma grande diferença nisso!

Conviver com vitimismos é muito cansativo, pouco producente. Protagonistas, usam o tempo que tem para agir e não para culpar ou reclamar.

Anotei algumas dicas para que você assuma seu papel protagonista:

🎯 Observe em quais momentos você agiu ou deixou de agir para que o problema ocorresse.

🎯 Pergunte-se como posso fazer isso melhor e diferente?

🎯 Aprenda que errar faz parte do processo.

🎯 Aplique o mindset de crescimento, ou seja, o que aprendi com esse erro?

🎯 Quais elementos ocorreram e quando ocorrem para que possa prevenir sua repetição?

🎯 Ensine e compartilhe sua história de aprendizados. Todos crescem e melhoram contigo.

Portanto, não é uma questão de culpa mas de responsabilidade.
Isso é conversa de adultos e não de criança mimada que não aceita que mexam no brinquedo dela ok? Vítimas agem como crianças choronas, que culpam o irmãozinho, o cachorro... Aprendem rápido como apontar o dedo a alguém.
Lembre-se de que sua reputação chegará antes de você em qualquer lugar que vá!! Forte abraço!